24 de setembro de 2010

Macedo Vieira defende um novo estádio do Varzim “mais aligeirado”

O presidente da Câmara, Macedo Vieira, é o convidado desta semana do programa Praça do Almada. Nesta entrevista, o autarca, entre outros temas, aborda a situação do Varzim. E clarifica o que quis dizer recentemente quando afirmou que, se não se encontrarem soluções, mais vale o clube fechar.
video

Nesta entrevista, Macedo Vieira revelou-se defensor de um estádio com metade da lotação inicialmente pensada: passar de 8 mil para 4 mil lugares, um estádio “mais aligeirado”.
video

in rádio Onda Viva


Andamos a brincar ou quê?

Não perca este sábado a partir das 12:00, uma grande entrevista a Macedo Vieira, no programa Praça do Almada da rádio Onda Viva

8 comentários:

Anónimo disse...

somos mais de 5mil socios , e «sr» presdinte quer um estadio de 4 mil lugares ? ?????

Anónimo disse...

pessoal o melhor será com calma ouvirmos mais uma vez essa entrevista que quando há desgraça no varzim é a primeira a noticiar...aliás é sempre em tudo até na porcaria que nos dao a ouvir...depois então voltamos aos comentários...mas cheira-me a Pimenta Machado ex. presidente do Guimarães...de que no futebol o que ontem era verdade ... hoje é mentira...o contrário também esá certo

PFGFR disse...

Eu nunca gostei da ideia de sairmos do estádio actual à beira-mar, e só concordei com a mesma depois de falar com muita gente e de toda essa gente me dizer que não havia alternativa possível. Já que é assim, penso que o estádio com 8 mil lugares enquadra-se naquilo que se espera que o Varzim venha a ser no futuro. Para o Varzim de hoje, que está na mó de baixo, se calhar 3 mil já sobravam, mas há que pensar no futuro. E queremos que o futuro seja na 1ª divisão (Sagres) e não na 2ª B. Face à situação actual, a reconversão do Municipal, não sendo o ideal, para mim era de ponderar. Se o problema é o inter-freguesias, então nem que o Varzim construisse um sintético com uma bancada de 200 pessoas para treinos e para o inter-freguesias no local onde seria o estádio novo e aproveitava-se o municipal, reconvertendo-o, para o Varzim. Não vejo lógica nenhuma no facto de a autarquia recusar liminarmente esta hipótese, que não prejudicaria ninguém.

Preto No Branco disse...

Olhando para a fotografia do post, dá vontade de dizer 'tira daí as mãos traidor'! Macedo Vieira no seu mais previsível registo. Pegou fogo à casa dizendo que mais valia fechar o clube. Agora, apaziguador, vem dizer que a afirmação foi feita no bom sentido, para despertar as mentes adormecidas que estão a deixar finar-se um projecto que já foi interessante. JÁ FOI SR. PRESIDENTE? PARA SI O VARZIM SÓ É INTERESSANTE QUANDO ESTÁ A DISPUTAR VOOS MAIS ALTOS? A relação que Macedo Vieira mantém com este nosso clube é doentia, bipolar!! Confirma-se que o conceito estratégico de Macedo Vieira para o Varzim é volátil e alternado, tal como os ventos. E também neste ponto não posso deixar de concordar com o PFGFR. O futuro do Varzim é voltar a ser grande. Como tal é importante criar uma estrutura concentânea com aquilo que queremos projectar de nós mesmos. Um estádio com 4000 lugares pode não ser suficiente para um Varzim de primeira. Fica a ideia de que, quando Macedo fala de um estádio aligeirado, quer um Varzim também ele aligeirado, envergonhado e pequenino. Remetido a uma dimensão que não é a sua mas que, por sucessivas facadas infligidas pelos mais diversos intervenientes, está (quase) sempre à morte!

Anónimo disse...

Quando este senhor abre a boca so me dá vontade de rir ou mata-lo!
Um estadio de 4000 lugares????Ele está parvo nao está?so pode...se nós na 2ºliga metemos quase 2000 pessoas agora imaginem na 1º liga e mais,supomos que subimos de divisao,quando vier ca o Porto,Benfica,Sporting,Guimaraes,braga e ate o leixoes,como faremos?Um estadio completo de varzinistas e mais 2000 la fora sendo socios e tudo so que ja nao tem bilhete ou entao temos um estadio cheio de varzinistas e mais os outros adeptos para dar receita??
Quando o sr.Macedo disse para fechar o clube ele devia era fechar a sua boca e mais uma vez devia o fazer porque so diz porcaria!!

FORÇA VARZIM!!!!

Anónimo disse...

Meus senhores, não se precipitem, é que longe vão os tempos do Varzim ter 5000 sócios, neste momento pagantes não serão mais de 2000 e nos jogos anda sempre à volta de 1000/1200. no país que estamos cada vez menos sócios terá o Varzim e todos os outros clubes considerados pequenos, a tendência da malta nova(por culpa dos pais) é apoiar ou o Porto ou o benfica. A seguir vêm os energúmenos de Guimarães e agora que ganha também o Braga...esqueçam essas maluqueiras do varzim ser um clube grande. O ideal é um estádio mais pequeno e consentâneo com a realidade do clube e o restante dinheiro que sobra servir para liquidar o passivo e começar com as contas a zero. depois disso rezar para que as direcções seguintes sejam responsáveis e não gastem mais do que podem.
Para terminar, o colega que diz que o Leixões é grande deve ser tolinho, até o rio Ave leva mais do que esses animais.

Anónimo disse...

Sempre pensamento em pequeno, este homem é um idiota, todoas as semanas tem novas ideias e cada uma pior que a outra... Se o varzim for optimista e pensar em ir para a I liga, nos jogos que pode encher os bolsos nao o faz que é contra os grandes... Agora se queremos ser sempre pequenos que é o que este senhor deseja para o varzim.... Mas agora digam me uma coisa, o estadio estava para começar certo e este ainda quer fazer alterações? Agora nao percebo msm em que pé esta o estadio.... Alguem que tenha ido a assembleia que diga qq coisa se é que falaram disso lá....

CDF disse...

Concordo com a ideia do mais aligeirado, mas não na questão dos lugares... Mas há sempre hipotese de fazer um estádio com 4 mil lugares com hipotese de no futuro se aumentar, a lotação....Como se faz em Leiria, Covilhã, etc... Mais importante que discutir lugares, acho que o importante é ver se o Varzim tem ou não capacidade para o estádio novo. Se não temos que pensar em diversas soluções...