17 de dezembro de 2012

Rui Soares vence Masters do Circuito Varzim Squash 2012

Durante o dia de domingo decorreu o Masters do Circuito Varzim Squash 2012, última prova da corrente época desportiva que, no Squash, termina em Dezembro. Rui Soares, actual Campeão Nacional, foi o grande vencedor ao derrotar na final Adán López, atleta do Clube Squash de Vigo e actual n.º 8 do Ranking Nacional Espanhol, por 3-0. Desta forma, Rui Soares levou para casa a caneta “The Hanging Gardens of Babylon” da Pelikan, no valor de 3500 euros, e ainda 200 euros referentes à distribuição do Prize-Money.



Com efeito, esta prova consistiu, numa primeira fase, na disputa entre grupos e, numa segunda fase, na disputa lugar-a-lugar. Assim, a fase de grupos terminou com a seguinte classificação:

    
             Grupo A              
Rui Soares
Gaspar Morim
         Paulo Próspero
Pedro Sousa Lima
    
               Grupo B            
José Martins
Tiago Castro (Varzim)
Tiago Antunes (Varzim)
Pedro Martins (Varzim)
    
              Grupo C             
Adrian Santín
João Nunes
Pedro Nogueira (Varzim)
Bruno Nogueira
    
             Grupo D              
Adán López
Vítor Ramos
Amílcar Malta
Sérgio Rios (Varzim)














Terminada a fase de grupos, procedeu-se à disputa lugar-a-lugar, sendo que importa destacar alguns jogos. No apuramento do 8º ao 5º lugar, Gaspar Morim defrontou Tiago Castro (Varzim), acabando por ser derrotado por 3-2, num dos jogos mais longos e desgastantes da tarde. Por outro lado, Vítor Ramos defrontou João Nunes, derrotando-o por 3-0. Contudo, e apesar do resultado, todos os sets foram decididos nas vantagens, tendo sido um jogo que, com um pouco de sorte, podia ter sido vencido por João Nunes. Posteriormente, o jogo entre Tiago Castro e Vítor Ramos, no qual seria disputado o 5º lugar, acabou por não se realizar por lesão de Tiago Castro.

Na disputa do 4º ao 1º lugar, Rui Soares derrotou José Martins, com grande facilidade, por 3-0. Já Adán López derrotou o seu companheiro de equipa, Adrian Santín, também por 3-0. De seguida, José Martins venceu Adrian Santín por 3-0 na disputa do 3º e 4º lugar, mas é fundamental perceber que o atleta espanhol se lesionou ainda durante o primeiro set, motivo pelo qual não pôde, de forma alguma, disputar o jogo de igual para igual. Na grande final, o Campeão Nacional Rui Soares não deu qualquer hipótese a Adán López, impondo um Squash intenso e seguro, que deixou a assistência bastante agradada, vencendo por 3-0 e sagrando-se, assim, o grande vencedor do Masters do Circuito Varzim Squash 2012.

Por fim, é impossível não salientar o excelente ambiente vivido entre atletas, organização e assistência,  assim como o altíssimo nível competitivo de todos os jogos. Porém, importa também lamentar uma série de lesões que condicionaram a prestação de vários atletas, como Pedro Nogueira e Tiago Castro do Varzim, ou Adrian Santín do Club Squash de Vigo.


Classificação Final:
1º Rui Soares
2º Adán López
3º José Martins
4º Adrian Santín
5º Vítor Ramos
6º Tiago Castro (Varzim)
7º João Nunes
8º Gaspar Morim
9º Paulo Próspero
10º Tiago Antunes (Varzim)
11º Amílcar Malta
12º Pedro Nogueira (Varzim)
13º Bruno Nogueira
14º Pedro Martins (Varzim)
15º Pedro Sousa Lima
16º Sérgio Rios (Varzim)

1 comentário:

Hugo Cabral disse...

Queria deixar aqui os parabéns ao meu amigo Rui Soares que é sem dúvida o melhor jogador de squash nacional nos dias de hoje sendo por esse motivo a sua vitória neste circuito algo já previsivel. Também deixar os parabéns a toda a estrutura do Squash do Varzim que tem feito um trabalho notável em prol da modalidade criando aquele que para mim é hoje o mais prestigiado circuito de squash nacional. No que à estrutura de squash do Varzim diz respeito não posso deixar de destacar o meu grande amigo Tiago Castro. Ainda me lembro da primeira vez que tive o prazer de treinar com ele num treino das Seleções de Juniores há já alguns anos atrás, no quais se empenhava a 500%! É uma referência dentro e fora dos courts, sendo sem dúvida a grande referência do Squash na Póvoa de Varzim. Os meus parabéns ao Tiago, que construiu um dos projectos de mais sucesso no squash nacional e não fossem as constantes lesões seria hoje sem duvida um jogador de topo. Mais uma vez parabéns a todos!!